‘Sou a nova Carminha, a Nazaré’, ironiza Karol Conká em entrevista com Ana Maria Braga

A tão aguardada entrevista de Karol Conká para Ana Maria Braga, no Mais Você, nesta quarta-feira, 24, foi um dos assuntos mais comentados nas redes sociais no início da manhã.

A rapper quebrou recorde de rejeição do público na história do Big Brother Brasil: 99,17% dos votos.

O reality show é exibido no País pela TV Globo desde 2000. Até então, o recorde havia sido quebrado por Nego Di, na mesma edição do programa. O humorista teve 98,76% dos votos dos espectadores.

Mais Você, que normalmente começa às 9h, atrasou por mais de meia hora. Os internautas estavam ansiosos. “Cadê ‘Mais Você’ que não começa nunca”, escreveu uma seguidora de Ana Maria Braga.

Ana Maria Braga abriu o programa brincando que “não pegou atestado médico” para não participar da conversa. “Uma curiosidade, Karol Conká nasceu no Dia Mundial da Paz”, começou a apresentadora ao falar da ex-BBB. Ela também falou que a cantora é capricorniana e deu características do signo.

“Passei a noite muito bem, dormi com meu filho e com minha mãe. Fiquei conversando com eles e acompanhando as coisas nas redes. Sou a nova Carminha, a Nazaré nas redes sociais”, ironiza. Carminha e Nazaré Tedesco são conhecidas vilãs de novelas brasileiras.

Ela garantiu que não é uma pessoa má: “Gostaria de deixar frisado aqui que essa vilã que apareceu no programa não existe aqui (fora da casa), se não, não teria conquistado tudo que conquistei e chegado onde cheguei. Realmente dentro da casa despertou alguns demônios em mim”, afirmou. Karol Conká chegou a dizer que tem “um problema terrível com animosidade” e que foi descobrir a questão dentro do BBB: “Quando sair da casa, preciso procurar psicólogo”.

Ana Maria ouviu o argumento inicial da cantora e perguntou para a rapper o que ela acha da rejeição. “Ah, acho que por causa das minhas atitudes péssimas. Me senti amarga dentro da casa. Todo mundo tem um lado bom e um lado ruim. E, dentro da casa, meu lado ruim apareceu”, ponderou.

Ao longo da entrevista, foram exibidos momentos em que Karol Conká atacou Carla por causa de ciúme de Bil, antigo parceiro da rapper dentro da casa. “Meu Deus, não tinha visto essa cena. Estou passando vergonha em rede nacional (…) Infelizmente acabei explodindo, não aceitando o fato de sentir ciúmes naquela hora. Fiz atitudes de gente controladora (…) Me senti carente e me senti interessada pelo interesse de Bil em mim”, avaliou. Enquanto vê as cenas, Karol toma um gole de água, coloca o guardanapo do rosto e nega a situação com a cabeça.

“Estou envergonhada e não tenho nada para dizer. Quero pedir desculpas para a família do Bil, a família da Carla. Eu estava com álcool na cabeça, embriagada”, ressaltou. Porém Ana Maria Braga insistiu: “Mas não foi só isso. Você também teve uma treta com Lucas (Penteado) e deixou o Brasil todo atrapalhado por conta de você querer ‘eliminar’ o Lucas da sua frente. Olha essa cena”.

Na sequência, a apresentadora exibe o momento em que, na hora do almoço, Karol Conká expulsa Lucas da mesa: “Quero comer na paz do senhor!”. Após a cena, Ana Maria argumenta: “Mas aí você não estava embriagada, porque era hora do almoço”. A rapper justificou que estava estressada por causa de discussões anteriores com o colega de reality.

“Na vida, não sou acostumada a resolver as coisas com carinho. Não em casa, com a família. Mas, no jeito de trabalhar, estou acostumada com ‘rajadas’. Não é para justificar, mas estou descobrindo essas coisas agora. Acho importante expor isso agora, essas fragilidades. Não adianta eu bancar a ‘fortona’ agora, sendo que eu estava vulnerável lá dentro. To colhendo o que eu plantei”, analisou.

No Mais Você, Karol Conká assistiu a cena em que briga com Camilla de Lucas, em que declarou que não queria protagonizar uma “briga entre duas mulheres pretas” na casa. Depois, o programa exibe um trecho em que Camilla chora, copiosamente, após a briga: “Ela dizer isso é colocar em xeque toda a minha militância la fora”. Karol fica cabisbaixa e fala: “Eu estou vendo que deixei algumas pessoas tristes lá”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *